domingo, 15 de outubro de 2017
CONSIDERAÇÕES DE CUNHO GENERALIZANTE ACERCA DAS DIFICULDADES DO SER PROFESSOR
*Dia dos Professores*, 15 de out, 2017.


Por Donarte Nunes dos Santos Júnior

AS DEZ (10) DIFICULDADES COM AS QUAIS SE DEPARA O PROFESSOR

Em busca do *Caminho do Meio*

Ser professor não é fácil. É profissão que levamos conosco, como que encravada na carne, para todas as partes e lugares por onde vamos. Também somos tomados e considerados como *professores* em todas as esferas de nossas vidas, na esfera espiritual, na esfera afetiva, na esfera emocional, na esfera financeira, na esfera sociológica, na esfera psicológica e até na esfera biológica, pois, em quaisquer destas dimensões da vida, se (1) estamos certos, não fazemos mais que nossa obrigação, já que "sabemos tudo". Se, pelo contrário, (2) estamos errados, e tomamos uma atitude equivocada, ouvimos, de pronto, um sonoro "logo você, um "pro-fes-sor?!".


Tendo (3) opinião "fraca" e "permissiva", os professores são considerados "frouxos" e que não sabem educar; tendo (4) opinião "forte" e "incisiva", de igual modo, são acusados de não saberem educar.


Há os que dizem (os entendidos (a)) que (5) não devemos nem mesmo ter "opinião", temos somente que "professar" – às vezes nomeiam isso, absurdamente, de “professorar” –, isto é, apenas "repetir" o que "autoridades reconhecidas", "livros" e "enciclopédias" já divulgaram em suas publicações. Há os que pensam que (6) professor que não se “posiciona”, de novo, conforme "3", acima, é "relapso".


Aliás, conforme "a", acima, (7) todos ou muitos sabem mais acerca da educação que os próprios professores. Todo mundo se mete na educação: economistas, sociólogos, psiquiatras, padres, pastores, policiais, advogados, engenheiros, publicitários, e, o que é pior, até políticos (b) e a "Mídia" (c), em geral...


Assim, como se disse acima, não é fácil ser professor porque (8) ninguém pergunta ou leva em consideração os entendimentos dos professores quando análises e/ ou reformulações são feitas na educação.


Pode-se dizer, ainda, que não é fácil ser professor, mas, se bem considerado, ver-se-á que essa é a menor da dificuldades, porque (9) o professor não e respeitado por um grande número de estudantes; também pudera, basta se retomar "7", acima, com destaque para "b" e "c", o que é hodiernamente funesto, vil e abjeto.


Finalmente, não é fácil ser professor porque os "modi operandi" da profissão não possuem um único "modus operandi". Assim, (10) professor tem que se reinventar todos os dias, bem como, reinventar as suas didáticas e pedagogias, visto que o objetivo imediato é do garantir e avaliar se o aluno está aprendendo, e, como são múltiplas as formas de como isso se efetiva epistemologicamente, múltiplas devem ser as abordagens do professor.


Parece mesmo que a tarefa do professor é a de encontrar o verdadeiro *caminho do meio*, noção que era apregoada pelos gregos, sobretudo quando o assunto era a urgência em se salvaguardar a cultura de uma civilização.


Sobre isso nos fala Bacon (2002) quando analisa o mito grego “sonho de Ícaro” ou “Ícaro alado”. Conforme o autor do Novum Organum, “É uma parábola fácil e conhecida. O caminho da virtude segue reto entre o excesso, de um lado, e a carência, de outro.” (p. 87). Ainda segundo Bacon (2002), quando este analisa as mensagens por detrás da “Odisseia” (ou “Ilíada”), de Homero, e as consequentes aventuras pelas quais passou Odisseu (ou Ulisses) quando este deveria fazer a:
“passagem entre Cila e Caribdes (moderação no intelecto), certamente é necessário ter muita perícia e boa sorte para vencê-la. Pois se o navio se aproxima de Cila, quebra-se nos rochedos; se se aproxima de Caribdes, é sugado pelo torvelinho. Essa parábola nos leva a considerar (e só a examino de passagem, embora sugira reflexões infinitas) que em toda forma de conhecimento e ciência, bem como em toda regra ou axioma a eles pertinente, cumpre manter o meio-termo entre o excesso de especificidades e o excesso de generalidades – entre os rochedos e o torvelinho, famosos pelo naufrágio de engenhos e artes.” (p. 87-88)

Assim, aqui reside, nossa derradeira dificuldade, qual seja, a de se colocar entre o “Sol” e o “oceano”, entre “Cila” e “Caribdes”, a de encontrar um *caminho do meio*, enquanto passamos pelas dez (10) dificuldades acima elencadas. Assim , devemos seguir, nós professores, exercendo com o *equilíbrio* necessário a nossa profissão, e, tal como Ícaro, seguir “sonhando”, sem sermos ingênuos; tal como Odisseu, seguir lutando, sem sermos truculentos; tal como o exposto acima, estarmos até mesmo entre um “Ícaro” e um “Ulisses” em prol da Educação.

REFERÊNCIAS


BACON, Francis. A Sabedoria dos Antigos. Tradução Gilson César Cardoso de Souza. São Paulo: UNESP, 2002. Título original: Wisdom of te Ancients.






posted byDonarte N. dos Santos Jr.@domingo, outubro 15, 2017  
0 Comments:
Postar um comentário
<< Home
 
::::::::::::::::::::::::::::::::
Algumas ideias que batizaram e permeiam o presente ciberespaço; pensamentos mais ou menos fixos que o autor tem:
::::::::::::::::::::::::::::::::

A Mitologia Grega...:

- “A Argo: Nave dos Argonautas, construída sob a direção de Minerva, nos bosques de Dodona. O termo significa ‘rápido.’

O Fernando Pessoa...:

- o seguinte poema do escritor português:


Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa: "Navegar é preciso; viver não é preciso". Quero para mim o espírito [d]esta frase, transformada a forma para a casar como eu sou: Viver não é necessário; o que é necessário é criar. Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso. Só quero torná-la grande, ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e a (minha alma) a lenha desse fogo. Só quero torná-la de toda a humanidade; ainda que para isso tenha de a perder como minha. Cada vez mais assim penso. Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir para a evolução da humanidade. É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça. (Fernando Pessoa)



A antipatia a Nietzsche...:

- Parece poder ser possível usar o Nietzsche contra ele mesmo: "Nietzsche vs Nietzsche", pois o que ele escreve, se bem analisado, é contraditório (no mal sentido do termo). Assim, isso é bem possível de ser feito...

A contra-argumentação aos céticos...:

- “Só se poderia negar a validez à demonstração se se provasse, com absoluta validez, que o homem nada pode provar com absoluta validez” (SANTOS, Mário Ferreira dos. Filosofia Concreta. São Paulo: É Realizações, 2009, p. 61).

 

 

Bem Vindo(a)!!!

Sobre este Blog

Última Publicação



Blog/Site do prof. Donarte: textos, imagens, ideias, pensamentos, conceitos, definições e opiniões preferencialmente inéditos, de autoria do professor, na área da Geografia, Filosofia, Educação e Ciências.


O conteúdo do presente ciberespaço pode ser livremente reproduzido, observada a citação da fonte. Ver "©Copyright – Todos os direitos Reservados", logo abaixo:

Site

Visite o site do professor
O que o professor lê?

Últimas leituras
Conteúdos Específicos

Textos sobre Geografia física.

Textos sobre Geografia humana.

Dicas sobre o Vestibular.
Notas de Aula

Registro da Prática e Diário de Classe
Blogs dos Estudantes da Escola Porto Novo (2015 até hoje)

Blog dos alunos do projeto LIAU.

Blogs dos Estudantes do Colégio Marista Assunção (2010)

Blog dos alunos do 2º ano (221).

Blog dos alunos do 2º ano (221).
Blogs dos Estudantes do Colégio Marista Assunção (2008/2009)

Blog dos alunos do 5ª série (152).

Blog dos alunos do 8ª série (181).

Blog dos alunos do 8ª série (182).

Blog dos alunos do 1º Ano (211).

Blog dos alunos do 1º Ano (212).

Blog dos alunos do 2º Ano (221).

Blog dos alunos do 3º Ano (231).
Blogs dos Estudantes da Escola Maria Goretti (2006)

Blog dos alunos do1º Ano.

Blog dos alunos do2º Ano.

Blog dos alunos do3º Ano.
Blogs dos Estudantes da Escola Maria Goretti (2005)

Blog dos alunos do3º Ano.
Blogs e Sites que acompanho, verdadeiros mananciais

  • Prof. Dr. phil. Agemir Bavaresco (Revista Opinião Filosófica)


  • Prof. Dr. phil. Eduardo Luft.


  • Prof. Dr. phil. Nythamar Hilario Fernandes de Oliveira Junior.


  • Prof. Pedro Demo (blog novo)


  • Prof. Dr. phil. Ricardo Timm de Souza.


  • Prof. Dr. Rualdo Menegat.


  • Links

  • Água Bio
  • Água on-line
  • Águas, Brasil das
  • ANA
  • Água, Universidade da (2:o.k.)
  • Astronomia (Zênite)
  • BBC-Brasil
  • Canal Ciência
  • CAPES
  • Chaos Nonlinear Dynamics
  • Chaos on the Web
  • Defesa Civil RS 199
  • Edge-The Third Culture
  • EFE-Agência de Notícias (Brasil)
  • Embrapa
  • Expedição Trópico de Capricórnio
  • Fractal Geometry
  • Fepam
  • IBGE
  • Meio Ambiente on line
  • Ministério do Meio Ambiente
  • Museu de Ciências e Tecnologia-MCT
  • Observatório Nacional-ON
  • Organização dos Estados Americanos (OAS)
  • Programa Antártico Brasileiro-PROANTAR
  • Rep. Fed. do Brasil (oficial)
  • Revista Galileu
  • Scientific American-Brasil
  • Scientific Eletronic Library Online (SciELO)
  • Subaru Telescope
  • The Independent
  • Universidade da California (Condensed Matter Physics)
  • Textos Recentes

    Textos Antigos

    O Autor

    Nome:
    Donarte N. dos Santos Junior
    Residente em:
    Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil
    Formação:
    - É Licenciado em Geografia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).
    - É Especialista no Ensino de Geografia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).
    - É Mestre em Educação em Ciências e Matemática (PUCRS).
    - É Mestrando em Filosofia (PUCRS).
    Atuação Profissional:
    - Foi Técnico em Geoproce ssamento do L/li/liaboratório de Tratamento de Imagem e Geoprocessamento (LTIG) da PUCRS.
    - É Professor da Prefeitura Municipal de Porto ALegre.
    Título da primeira dissertação de mestrado:
    “Geografia do espaço percebido: uma educação subjetiva”, que alcançou grau máximo obtendo nota 10,0.

    Clique aqui para ler a dissertação

    Clique aqui para Ver currículo Lattes completo

    Mais sobre o autor
    O Autor no Facebook

    Curta a "Fan Page" do autor!!!

    O Autor no Twitter

    Siga o autor no Twitter!!!
    "E-Mail"

    Entre em contato com o autor
    Livro de Visitas

    Registre a sua visita neste blog :-)
    Número de Visitantes

    Free Blogger Templates

    BLOGGER

    © Copyright

    Todos os direitos Reservados.



    Os textos inéditos aqui publicados podem ser utilizados por qualquer pessoa, desde que respeitada a devida citação da fonte, apontando o link da postagem original de onde foram retiradas as informações.


    É proibido fazer modificação e alteração dos textos inéditos, bem como, das imagens inéditas e demonstrativas que os acompanham.


    É vedada a Criação de Obras Derivadas dos textos inéditos aqui publicados, bem como, das imagens inéditas, a não ser respeitando a devida citação da fonte, apontando o link da postagem original de onde foram retiradas as informações.


    Portanto, a reprodução integral ou parcial das produções textuais e imagéticas inéditas, próprias e de autoria do professor, aqui publicados, é permitida, com a expressa autorização do autor e nos termos acima citados, caso contrário será tipificado crime de Plagio.

    Free Blogger Templates

    BLOGGER

    Última atualização de "template", em:

    27 de fev., 2018.