terça-feira, 6 de dezembro de 2005
Captura de Gás Carbônico

A entrevista abaixa narra uma maravilha. Tudo é bom, bonito, moderno, em fim, a solução. Pena que se trata de uma lenda. As lendas, felizmente, ou neste caso, infelizmente não são verdades.
Só uma palavra rápida quanto ao plantio de “espécies nativas”. Isso, na natureza nunca se daria da forma como é feita pelo homem. Reflorestamento é sempre reflorestamento. Trata-se de uma tentativa de o homem salvar aquilo que está destruindo. A palavra de ordem continua sendo, ainda hoje, PRESERVAR.
Para fechar deixo algumas questões:

  • “Por que são pensadas formas de capturar o gás carbônico CO2 ao invés de se pensar alternativas nos combustíveis?”
  • “Qual o interesse da Peugeot nisso?”
"Preservação
Seqüestro de carbono
LETÍCIA DUARTE/ Enviada especial/Cotriguaçu (MT)

Enquanto 18% dos gases causadores do efeito estufa global são emitidos por veículos, um projeto-piloto desenvolvido pela montadora Peugeot na Floresta Amazônica busca alternativas para compensar a poluição.

Com ações de reflorestamento e monitoramento de plantas, a iniciativa mantida há cinco anos pelo grupo francês pretende ajudar a natureza a seqüestrar carbono da atmosfera, reduzindo o impacto das agressões ambientais.

Intitulado Poço de Carbono, o projeto funciona em uma fazenda de 10 mil hectares, área equivalente a uma vez e meia a cidade de Paris, no município de Cotriguaçu, norte do Mato Grosso. Desde o início das atividades, a antiga propriedade desmatada ganhou mais de 2 milhões de mudas de espécies nativas, que hoje se encontram em fase de crescimento e servem como laboratório vivo para experiências científicas.

Por meio de equipamentos semelhantes a placas solares, dispostos na propriedade, os pesquisadores medem os níveis de concentração de carbono absorvida pela jovem floresta e estimulam o plantio de espécies com maior potencial de retenção.

A absorção de carbono passou de 1,5 tonelada para quatro

Com duração prevista até 2038 e um orçamento estimado em 10 milhões de euros (aproximadamente R$ 27 milhões), o trabalho começa a mostrar frutos. Segundo o engenheiro agrônomo Paulo César Nunes, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pesquisador de monitoramento de carbono da fazenda, a média observada ali é de quatro toneladas de carbono absorvidas por hectare/ano. Antes, a média de absorção era 1,5 tonelada por hectare/ano. Das mais de 50 espécies nativas plantadas, as campeãs na retenção de carbono são árvores que também embelezam a paisagem: ipê-rosa, figueira branca, aroeira e paineira.

- A experiência é inédita, não tem ninguém medindo carbono em área de reflorestamento no Brasil. Árvores em fase de crescimento têm maior capacidade de absorção - afirma Nunes.

Desde 2000, foram identificadas mais de 500 espécies de animais no local, contabiliza o engenheiro florestal Vespasiano Assumpção, coordenador do projeto. Entre os parceiros do estudo, estão o Serviço Nacional de Florestas da França, a Universidade Federal do Mato Grosso e a Universidade Estadual do Mato Grosso.

Apesar dos bons resultados, o presidente mundial da Peugeot, Jean-Martin Folz, garante que a montadora não pretende lucrar com o projeto, nem negociar créditos de carbono no mercado (negociação permitida pelo Protocolo de Kyoto).

- Esse projeto é um mecenato científico e ecológico - assegura Folz.

Como Folz admite, não se trata de bondade. A redução da emissão de poluentes é vista como uma necessidade para garantir o futuro do negócio automobilístico - e da própria sociedade.

A repórter viajou a convite da Peugeot"
(FONTE: Disponível em: Zero Hora Digital)
posted byDonarte N. dos Santos Jr.@terça-feira, dezembro 06, 2005  
0 Comments:
Postar um comentário
<< Home
 
::::::::::::::::::::::::::::::::
Algumas ideias que batizaram e permeiam o presente ciberespaço; pensamentos mais ou menos fixos que o autor tem:
::::::::::::::::::::::::::::::::

A Mitologia Grega...:

- “A Argo: Nave dos Argonautas, construída sob a direção de Minerva, nos bosques de Dodona. O termo significa ‘rápido.’

O Fernando Pessoa...:

- o seguinte poema do escritor português:


Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa: "Navegar é preciso; viver não é preciso". Quero para mim o espírito [d]esta frase, transformada a forma para a casar como eu sou: Viver não é necessário; o que é necessário é criar. Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso. Só quero torná-la grande, ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e a (minha alma) a lenha desse fogo. Só quero torná-la de toda a humanidade; ainda que para isso tenha de a perder como minha. Cada vez mais assim penso. Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir para a evolução da humanidade. É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça. (Fernando Pessoa)



A antipatia a Nietzsche...:

- Parece poder ser possível usar o Nietzsche contra ele mesmo: "Nietzsche vs Nietzsche", pois o que ele escreve, se bem analisado, é contraditório (no mal sentido do termo). Assim, isso é bem possível de ser feito...

A contra-argumentação aos céticos...:

- “Só se poderia negar a validez à demonstração se se provasse, com absoluta validez, que o homem nada pode provar com absoluta validez” (SANTOS, Mário Ferreira dos. Filosofia Concreta. São Paulo: É Realizações, 2009, p. 61).

 

 

Bem Vindo(a)!!!

Sobre este Blog

Última Publicação



Blog/Site do prof. Donarte: textos, imagens, ideias, pensamentos, conceitos, definições e opiniões preferencialmente inéditos, de autoria do professor, na área da Geografia, Filosofia, Educação e Ciências.


O conteúdo do presente ciberespaço pode ser livremente reproduzido, observada a citação da fonte. Ver "©Copyright – Todos os direitos Reservados", logo abaixo:

Site

Visite o site do professor
O que o professor lê?

Últimas leituras
Conteúdos Específicos

Textos sobre Geografia física.

Textos sobre Geografia humana.

Dicas sobre o Vestibular.
Notas de Aula

Registro da Prática e Diário de Classe
Blogs dos Estudantes da Escola Porto Novo (2015 até hoje)

Blog dos alunos do projeto LIAU.

Blogs dos Estudantes do Colégio Marista Assunção (2010)

Blog dos alunos do 2º ano (221).

Blog dos alunos do 2º ano (221).
Blogs dos Estudantes do Colégio Marista Assunção (2008/2009)

Blog dos alunos do 5ª série (152).

Blog dos alunos do 8ª série (181).

Blog dos alunos do 8ª série (182).

Blog dos alunos do 1º Ano (211).

Blog dos alunos do 1º Ano (212).

Blog dos alunos do 2º Ano (221).

Blog dos alunos do 3º Ano (231).
Blogs dos Estudantes da Escola Maria Goretti (2006)

Blog dos alunos do1º Ano.

Blog dos alunos do2º Ano.

Blog dos alunos do3º Ano.
Blogs dos Estudantes da Escola Maria Goretti (2005)

Blog dos alunos do3º Ano.
Blogs e Sites que acompanho, verdadeiros mananciais

  • Prof. Dr. phil. Agemir Bavaresco (Revista Opinião Filosófica)


  • Prof. Dr. phil. Eduardo Luft.


  • Prof. Dr. phil. Nythamar Hilario Fernandes de Oliveira Junior.


  • Prof. Pedro Demo (blog novo)


  • Prof. Dr. phil. Ricardo Timm de Souza.


  • Prof. Dr. Rualdo Menegat.


  • Links

  • Água Bio
  • Água on-line
  • Águas, Brasil das
  • ANA
  • Água, Universidade da (2:o.k.)
  • Astronomia (Zênite)
  • BBC-Brasil
  • Canal Ciência
  • CAPES
  • Chaos Nonlinear Dynamics
  • Chaos on the Web
  • Defesa Civil RS 199
  • Edge-The Third Culture
  • EFE-Agência de Notícias (Brasil)
  • Embrapa
  • Expedição Trópico de Capricórnio
  • Fractal Geometry
  • Fepam
  • IBGE
  • Meio Ambiente on line
  • Ministério do Meio Ambiente
  • Museu de Ciências e Tecnologia-MCT
  • Observatório Nacional-ON
  • Organização dos Estados Americanos (OAS)
  • Programa Antártico Brasileiro-PROANTAR
  • Rep. Fed. do Brasil (oficial)
  • Revista Galileu
  • Scientific American-Brasil
  • Scientific Eletronic Library Online (SciELO)
  • Subaru Telescope
  • The Independent
  • Universidade da California (Condensed Matter Physics)
  • Textos Recentes

    Textos Antigos

    O Autor

    Nome:
    Donarte N. dos Santos Junior
    Residente em:
    Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil
    Formação:
    - É Licenciado em Geografia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).
    - É Especialista no Ensino de Geografia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).
    - É Mestre em Educação em Ciências e Matemática (PUCRS).
    - É Mestrando em Filosofia (PUCRS).
    Atuação Profissional:
    - Foi Técnico em Geoproce ssamento do L/li/liaboratório de Tratamento de Imagem e Geoprocessamento (LTIG) da PUCRS.
    - É Professor da Prefeitura Municipal de Porto ALegre.
    Título da primeira dissertação de mestrado:
    “Geografia do espaço percebido: uma educação subjetiva”, que alcançou grau máximo obtendo nota 10,0.

    Clique aqui para ler a dissertação

    Clique aqui para Ver currículo Lattes completo

    Mais sobre o autor
    O Autor no Facebook

    Curta a "Fan Page" do autor!!!

    O Autor no Twitter

    Siga o autor no Twitter!!!
    "E-Mail"

    Entre em contato com o autor
    Livro de Visitas

    Registre a sua visita neste blog :-)
    Número de Visitantes

    Free Blogger Templates

    BLOGGER

    © Copyright

    Todos os direitos Reservados.



    Os textos inéditos aqui publicados podem ser utilizados por qualquer pessoa, desde que respeitada a devida citação da fonte, apontando o link da postagem original de onde foram retiradas as informações.


    É proibido fazer modificação e alteração dos textos inéditos, bem como, das imagens inéditas e demonstrativas que os acompanham.


    É vedada a Criação de Obras Derivadas dos textos inéditos aqui publicados, bem como, das imagens inéditas, a não ser respeitando a devida citação da fonte, apontando o link da postagem original de onde foram retiradas as informações.


    Portanto, a reprodução integral ou parcial das produções textuais e imagéticas inéditas, próprias e de autoria do professor, aqui publicados, é permitida, com a expressa autorização do autor e nos termos acima citados, caso contrário será tipificado crime de Plagio.

    Free Blogger Templates

    BLOGGER

    Última atualização de "template", em:

    27 de fev., 2018.